23
Jan 13

Envolto numa ambiência brumosa, escurecida e extremamente densa, extremamente receosa, um circo dos horrores repleto de sedutoras promessas chega a uma cidade desprovida de fervência, de contentamento. Instalando-se com as suas cores e atracções singulares, simbolizado pelas criaturas especiais que ministra, pelas viagens rejuvenescedoras que oferta, este é um circo que busca, com avidez, o sofrimento, a dor e (...)

Para seguir no blogue Pedacinho Literário

publicado por saidaemergencia às 10:07

Novidades