02
Jan 13

Quando se começa a ler um livro de Martin é muito difícil parar. Sendo um autor completamente impiedoso e aparentemente desprovido de qualquer tipo de sentimentalismos - o que não é necessariamente mau, apenas bastante doloroso para o leitor que se afeiçoa a uma personagem -, George R.R. Martin consegue surpreender sempre o leitor quase capítulo após capítulo.

Em O Despertar da Magia temos mais (...)

Para seguir no blogue Morrighan

publicado por saidaemergencia às 16:40

Novidades