11
Dez 12

Uma escrita belíssima!
Não é à toa que se fala de Ray Bradbury com tanto fulgor. Nunca vi nada igual. Há uma originalidade e um à vontade com as palavras que evidencia a literatura como arte. Simplesmente não consigo descrever como é a escrita, não consigo explicar os métodos que são usados, isto porque acredito que eles não existem realmente e fazem parte (...)

Para seguir no blogue D311nh4

publicado por saidaemergencia às 17:00

Novidades