29
Mai 12



Já tem sido habitual a Saída de Emergência nos habituar a obras de fantasia escritas com elevada mestria.
O primeiro volume da original trilogia de Kushiel não foge, de todo, ao parâmetro de qualidade estabelecido. Com efeito, reforço dizendo que este livro eleva as expetativas a nível da tecnicidade implementada.
Com isto enfatizo o vocabulário floreado que remete o leitor a uma leitura atenta e minuciosa.
O léxico é rico e aí também se deve dar o mérito ao tradutor pelo excelente trabalho.
O desenvolvimento da história é lento e centra-se nas lembranças da protagonista/narradora.
Phédre tem um nome amaldiçoado - de facto, o nome remete (...)

Para seguir no blogue D311nh4.

publicado por saidaemergencia às 17:23

Novidades