25
Mai 12



Numa altura em que toda a fantasia literária era rejeitada pela sociedade, Lord Dunsany lançou dois livros: The Book of Wonder e quatro anos mais tarde The Last Book of Wonder.
Com uma imaginação prodigiosa, Dunsany viria a influenciar grandes autores do fantástico, como Tolkien, Gene Wolf, Arthur C. Clarke, H. P. Lovecraft, Ursula K. Le Guin, Robert E. Howard, entre muitos outros. A ironia é todos estes autores serem famosos, mas Dunsany não, sendo este o único livro do autor editado em Portugal.

O grande problema que este livro terá para a generalidade do público, é o facto de ser um livro de contos, em que a grande maioria não tem mais de três ou quatro páginas. Aqueles que gostem de aprofundar personagens ou de histórias longas e complexas, não irão encontrar isso neste livro. No entanto, e isto foi a grande surpresa que tive, Dunsany tem a extraordinária capacidade de descrever numa frase o que normalmente é feito em meia dúzia. Ficou claro, ao fim de poucas páginas, que este livro é daquelas obras que só são devidamente apreciadas se as lermos devagar, pois cada linha descreve cenários de rara beleza com outros tantos significados. Acreditem, que quem gostar de fantasia pura, voltará (...)

Para seguir no blogue Ler y Criticar.

publicado por saidaemergencia às 09:19

Novidades