23
Mai 12



"Acácia" é um livro de fantasia que, à semelhança de muitas boas obras a que a Saída de Emergência nos habitua, nos transporta para um mundo medieval. Onde Reis mantêm o trono com um ténue fio de seda, enquanto outros conspiram para o cortar.

Quanto à tecnicidade, "Acácia", explora o espaço com elevada perícia. O que não admira, tendo em conta o facto de o autor ter-se dedicado, no passado, a romances históricos que, por norma, requerem um desenvolvimento descritivo mais elaborado.

Uma vez que este livro é apenas a primeira metade do original, é bastante informativo, servindo para apresentar convenientemente as personagens que criarão o enredo em torno do trono de Acácia. Só tardiamente é que surge uma reviravolta que anuncia a entrada para o trama propriamente dito.
Quanto às personagens, salientam-se o Rei Leodan, os seus quatro filhos, Hanish e a complexidade do fiel conselheiro da família Akkaran.

O Rei Leodan, carinhoso, temente pela segurança dos filhos e amável para com o (...)

Para seguir no blogue D311nh4.

publicado por saidaemergencia às 16:56

Novidades