18
Mai 12



Da primeira vez que coloquei a vista em cima de um dos romances de Nora Roberts foi paixão às primeiras linhas. Há algo naquela sua maneira suave e verdadeira de explorar os sentimentos mais profundos das suas personagens, ao mesmo tempo que vai construindo a sua história, com descrições deliciosas, em páginas de uma beleza arrebatadora, que me deixa encantada.
“As jóias do Sol” é um livro com uma capa espectacular, uma história envolvente e, personagens cativantes e inacreditavelmente reais. A sua intriga desenrola-se na mágica Irlanda, terra de mitos e lendas, onde a autora possui raízes, já que ambos os seus pais têm ascendência irlandesa.
Roberts cria uma lenda acerca de um amor impossível entre um príncipe das fadas e uma bela jovem para servir de base ao desenrolar da história, o que lhe confere um carácter ainda mais mágico. É então, num ambiente deslumbrante, que somos apresentados a Jude Murray e Aidan Gallagher, dois personagens fortes e encantadores, destinados um ao outro.
Jude exerce, sem dúvida, uma maior influência sobre o leitor longo do livro, quer pela sua complexidade, quer pelo enorme desenvolvimento que sofre ao longo da história.
Ao chegar a Ardmore, aldeia piscatória onde se desenrola a (...)

Para seguir no blogue D´Magia

publicado por saidaemergencia às 17:33

Novidades