18
Mai 12



Após um primeiro livro bastante viciante e com o desenrolar de acontecimentos a pedir muitas explicações, comecei de imediato a ler este 2º livro da trilogia Alex 9.

Começo por realçar que este livro continua tão viciante quanto o primeiro, muito graças ao seu ritmo elevadíssimo e cheio de acção, mas principalmente porque os capítulos estão bem montados e acabam sempre no momento em que algo importante irá acontecer ou algum segredo revelado. Esta tendência, muito usada nos últimos anos, de forma a tornar a leitura compulsiva, é facilmente executado por qualquer escritor, mas quando empregue de forma errada ou excessiva, pode destruir o livro. Neste caso acho que tal não acontece, principalmente porque nunca me senti frustrado ao ler estas páginas e senti sempre o impulso de continuar e continuar...

Por outro lado, com a visão do leitor a voar rapidamente de um local para outro, acabamos por em certos momentos não conseguir uma ligação com o momento em si, não nos aproximando das personagens. Tal facto em nada destrói a história ou o prazer de a ler, mas faz-me aconselhar as (...)

Para seguir no blogue Ler y Criticar.

publicado por saidaemergencia às 17:22

Novidades