21
Fev 12

CariciasdaNoite.jpg - 180x269 - 94.25 kb

A linha que separa a vida da morte é ténue, os perigos são constantes e, entre o deleite e as obrigações, o dever permanece. A nossa protagonista terá de arriscar tudo para proteger os que mais estima e mesmo assim, sem qualquer culpa, poderá ver lograda a sua salvação.

Caricias dá Noite dá continuidade à demanda de Merry para sobreviver às intricadas cortes das fadas. Com uma boa base volúpia, algum mistério e desenvolvimentos surpreendentes esta é uma série de fantasia urbana atractiva que consegue agradar a um vasto leque de leitores deste género.
A autora Laurell K. Hamilton tem uma escrita muito própria que evidencia descrições aprimoradas e diálogos perspicazes, repletos de tensão, que envolvem o leitor num suspense continuo ao longo da narrativa.

Depois de ser nomeada co-herdeira da corte Unseelie, Merry vê-se na obrigação de gerar uma criança, se falhar Cel não a perdoará e a sua pena será não só a sua morte como também de todos aqueles que a apoiam e acreditam nela como futura rainha.
A nossa personagem encontra-se numa fase de reflexão e amadurecimento, algo que se vai tornando evidente ao longo desta leitura. Muito sensual, inteligente e conhecedora do que a rodeia é constante o seu enriquecimento enquanto mulher que, apesar de em tenra idade, demonstra um domínio surpreendente. No respeita aos aspectos do maravilho Merry irá uma vez mais redescobrir-se e a magia que vive dentro de si continuará a evoluir.

Em relação aos personagens secundários, eles são para mim o foco principal de atracção.
O leque de guerreiros que faz parte da guarda pessoal de Meredith, gentilmente cedidos pela sua tia, sofrem uma constante evolução ao longo deste livro despertando dos seus desejos reprimidos depois de tantos anos de servidão às mãos da (...)


Para seguir no blogue As Histórias de Elphaba.

publicado por saidaemergencia às 10:53

Novidades