26
Dez 13

A ideia base de Tigana é intrigante: um reino subjugado e amaldiçoado, cujos descendentes tentam a todo o custo recuperar e vingar. Contudo, não logo para este conceito que Guy Gavriel Kay transporta o leitor. O início da leitura poderá parecer estranho e distante do que é apresentado na sinopse, mas com o decorrer da leitura é possível perceber que este é autor é um fabuloso contador de história. Através de um (...)

Para seguir no blogue Uma Biblioteca em Construção

publicado por saidaemergencia às 10:20

Novidades