02
Out 13

Sylvain Reinard sabe escrever, sabe prender-nos a um livro, sabe deixar-nos a suspirar, sabe arrebatar-nos pelas palavras e foi dessa maneira que me apaixonei pelo primeiro livro desta trilogia, "O Inferno de Gabriel". Por todos esses motivos tinha as expectativas em alta quando fui ler o segundo volume mas confesso que senti-me defraudada quando o terminei. Achei a linha de acontecimentos demasiado idêntica ao segundo livro da (...)

Para seguir no blogue Crónicas de uma leitora

publicado por saidaemergencia às 10:02

Novidades