25
Set 13

Mas que livro! Mas que trilogia... Esperar pela publicação de Justiça de Kushiel foi uma tortura. Tendo lido os cinco volumes anteriores, a paixão pelos personagens estava já entranhada. Não saber se Phèdre havia sobrevivido aos horrores de Angra Mainyu, se Joscelin teria conseguido não ceder ao tormento de ver a sua Phèdre ser consumida, sem nada poder fazer, não saber se, em tendo sobrevivido, se teriam reencontrado na perfeita (...)

Para seguir no blogue Páginas Desfolhadas

publicado por saidaemergencia às 16:26

Novidades