01
Ago 13

Já tinha bastantes espectativas em relação a esta sequela, sobretudo depois de ter lido O Inferno de Gabriel e ter gostado bastante da obra. Apesar deste segundo livro da trilogia de Gabriel ter menos páginas que o primeiro livro, não deixa de ser algo igualmente arrebatador. Sinto-me até consideravelmente sortudo por ter conseguido um exemplar do livro em 2ª edição (nada relevante para o caso). Contudo, enquanto (...)

Para seguir no blogue Derivados Literários

publicado por saidaemergencia às 11:02

Novidades