06
Jun 13

Acho que desde que li a saga "Crepúsculo" que não voltei a pegar em mais nenhuma saga YA, não por não ter gostado dessa saga, mas simplesmente porque qualquer uma das recentes, a meu ver, iria saber-me sempre a pouco.
Desta forma, iniciei o Celestial com algumas reticências iniciais, e bastante expectante em relação ao modo como a narrativa se iria desenrolar, uma vez que até mesmo o início do livro acaba por ser (...)

Para seguir no blogue Os Livros Nossos

publicado por saidaemergencia às 11:17

Novidades